A processar, aguarde por favor...
Base de dados
Descrição
Tipo de documento Título Ínicio Fim
Entidade Detentora

Código de referência: PT/AFIC/AQL
Entidade detentora: Fundação Inês de Castro
Título: Entidade Detentora
Nível de descrição:




FundoArquivo da Quinta das Lágrimas15111968

Código de referência: PT/AFIC/AQL
Entidade detentora: Fundação Inês de Castro
Título: Arquivo da Quinta das Lágrimas
Datas extremas: 1511-1968
Nível de descrição: Fundo
Dimensão unid.descrição: caixas
Nome do produtor: Família Osório Cabral de Alarcão
Hist.admin./biográfica: O Arquivo da Quinta das Lágrimas é formado por documentação produzida e recebida por diferentes famílias, entre meados do século XVI e meados do século XX, as quais, por mercê das suas uniões familiares, ficaram detentoras de um grande património móvel e imóvel situado em diferentes partes do país (Águeda, Ázere, Bobadela, Guarda, Santiago do Cacém, Viseu e Trancoso) e dos respetivos arquivos. Os seus descendentes acabaram por se radicar em Coimbra, na Quinta das Lágrimas, no final do século XVIII, tendo sido seu primeiro proprietário Manuel Homem Freire que a adquiriu a Pedro Correia de Lacerda e a sua mulher Filipa Agostinha de Lacerda, em 1730
Hist.cust.e arquivística: O Cartório da Família Osório Cabral de Alarcão, conjunto de arquivos da Casa de Águeda, Casa de Azere, Bobadela Vila Cova de Subavô e Casa da Guarda, Ratoeira e Santiago do Cacém, é reunido e organizado por António Maria Osório Cabral da Gama e Castro, na sua Quinta das Lágrimas, em meados do Século XIX, por ocasião do Inventário de partilhas de sua mãe Josefa Luísa Freire de Figueiredo Brandão Deusdará. A estes fundos arquivísticos irá juntar-se o arquivo da Casa de Coimbra.
A partir da administração de seu filho, Miguel Osório Cabral de Castro, em 1858, a união dos núcleos documentais passa a ser referenciada sob o título Arquivo da Casa das Lágrimas.
O arquivo esteve integrado na Livraria da Casa até ao incêndio que deflagrou na noite de 21 para 22 de Dezembro de 1879, quando passou a estar guardado na Casa-Forte, pequena divisão com estantes, com porta de ferro e código de abertura.
Por morte deste, herda todos os seus bens seu sobrinho neto Miguel Osório Cabral de Alarcão, que mantém a guarda e a utilização do Arquivo.
Por sua morte, em 1968, não se procede à partilha do Arquivo ficando como propriedade de todos os seus herdeiros.
Aquando da criação da Fundação Inês de Castro foi feito um contrato de comodato de cedência de todo o património histórico da Quinta das Lágrimas ao qual, posteriormente, foi associado o Arquivo de Família
Fonte imed.aquis/transferência Herança de Dom Miguel Osório Cabral de Alarcão
Âmbito e conteúdo: O arquivo está organizado em Subfundos, que correspondem aos Fundos arquivísticos das Casas de origem. Estes Subfundos subdividem-se em Secções que correspondem às Casas que compõem esses Fundos. A documentação está organizada em diferentes Séries: Autos judiciais; Transmissão de bens e Administração de património.
A Série Autos judiciais, que contém documentação de carácter jurídico determinante para a posse e transmissão de bens e propriedades, é composta por quatro subséries: Sentenças; Autos de posse; Mandados e Certificação de títulos.
A Série Transmissão de bens, constituída por documentação relativa à transmissão de bens móveis e imóveis, é composta por quatro subséries: Doações; Instituição de vínculos; Partilhas e Testamentos.
A Série Administração do património, constituída por documentação relativa à administração do património e gestão do património, é composta por onze Subséries: Inventários; Tombos; Aquisição de Bens; Emprazamentos; Contribuições e impostos; Recibos; Correspondência com administradores; Censos; Livros de contas; Relações de bens; Procurações
A Série Genealogia e Heráldica com apontamentos de genealogia, árvores genealógicas e árvores de costados
Avaliação, seleção, eliminação: Não se prevê
Ingressos adicionais: Prevê-se o ingresso da documentação da administração dos meados do século XX
Sistema de organização: Plano de classificação
Estatuto legal: Arquivo privado
Condições de acesso: Mediante pedido à Fundação Inês de Castro, devidamente autorizado, solicitado através do email: assuncao.judice@fundacaoinesdecastro.com
Cond. de reprodução (Copyright):
A reprodução de documentos em obras publicadas em suporte papel ou digital deverá conter a menção do respetivo copyright, bem como da origem e cota. Agradece-se o envio à FIC de uma cópia de qualquer obra em qualquer suporte que utilize imagens dos arquivos propriedade da Fundação.
Idioma/Escrita:
Português. Espanhol
Car.físicas e req.técnicos:
Alguns documentos em mau estado de conservação
Instrumentos de descrição:
Inventários e Índices de caixas
Exist.e localiz.de cópias:
Os documentos digitalizados estão associados aos respetivos registos
Nota de publicação:
ALBUQUERQUE, Miguel Osório de Alarcão e – [Genealogia da Família Osório Cabral de Alarcão]: apontamentos manuscritosJÚDICE, Maria da Assunção Alarcão- Arquivo da Quinta das Lágrimas, de Cartório desorganizado a Sistema de Informação Familiar reconstruído, [Texto policopiado], Lisboa, 2012. Projeto de Tese de DoutoramentoJÚDICE, Maria da Assunção Alarcão- Correspondência de Miguel Osório Cabral de Castro (1846-1889), [Texto policopiado], Lisboa, 2012. Trabalho de SeminárioJÚDICE, Maria da Assunção Alarcão - A Fonte dos Amores no Arquivo da Quinta das Lágrimas (1364-1916). In: “Pedro e Inês - o futuro do passado: Congresso Internacional”. Coimbra, Associação dos Amigos D. Pedro e D. Inês, 2013, p. 203-221JÚDICE, Maria da Assunção Alarcão- Instrumentos de descrição e gestão do Arquivo da Quinta das Lágrimas, [Texto policopiado], Lisboa, 2012. Trabalho de SeminárioJÚDICE, Maria da Assunção Alarcão- Maria da Conceição Pereira da Silva Forjaz e Menezes: Ensaio para uma biografia, [Texto policopiado], Lisboa, 2012. Trabalho de SeminárioJÚDICE, Maria da Assunção, BORGES, Leonor Calvão, “Arquivo da Quinta das Lágrimas: quando à história social se junta a local”. In: Arquivos de família, sécs. XIII-XX: que presente, que futuro? organização de Maria de Lurdes Rosa. Lisboa, IEM –Instituto de Estudos Medievais, Centro de História de Além-Mar, Caminhos Romanos, 2012, pp. 99-106.RIBEIRO, Ana Isabel Sacramento Sampaio - Nobrezas e governança. Identidades e perfis sociais (Coimbra, 1777-1820). Coimbra : [s.n.], 2013. Tese de doutoramentoSANTOS, Sandra Ribeiro – A Quinta das Lágrimas…Memórias. Coimbra, Julho 2001 Seminário de Historia da Arte, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Orient. Prof. Doutora Regina AnacletoSANTOS, Sandra Ribeiro – Quinta das Lágrimas – história, lugar e lenda. In: “Pedro e Inês - o futuro do passado: Congresso Internacional”. Coimbra, Associação dos Amigos D. Pedro e D. Inês, 2013, p. 223-246
Nota do arquivista:
A descrição documental foi feita a partir dos índices das caixas, confrontados com os documentos e feitas as respetivas contagens e medições. Posteriormente será feita a descrição arquivística mais desenvolvida / Os documentos digitalizados foram selecionados de acordo com o critério estabelecido de disponibilizar os documentos mais importantes para o estabelecimento da história da família (instituição de vínculos, morgados e capelas, doações e dotes) e das casas (inventários de títulos e inventários de partilhas, campanhas de obras, livros de contas). / Na restante documentação privelegiámos o critério de preservação (documentação organizada em maços com grande número de páginas, em detrimento dos documentos soltos, devido à facilidade do seu manuseamento) e cronológico.
Assuntos: Arquivo de Família / Arquivo da Quinta das Lágrimas
URL-Endereços WEB: www.fundacaoinesdecastro.com


Novo ficheiro

Novo ficheiro